Escola Secundária de Camões, Lisboa

Available actions

Reader available actions

 

Escola Secundária de Camões, Lisboa

Description details

Record not reviewed.

Document not available to perform requests.

Description level

Fonds   Fonds

Reference code

PT/MESG/RAE/ESC

Production dates

1902  to  2010 

Dimension and support

909,69 m.l.; papel

Holding entity

Secretaria-Geral do Ministério da Educação e da Ciência

Producer

Portugal, Ministério da Educação, Direção Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo, Escola Secundária de Camões, Lisboa.

Biography or history

O Liceu Nacional de Lisboa, atual Escola Secundária de Camões, foi o segundo liceu de Lisboa, criado em 1902 por Carta de Lei, de 24 de Maio.Inicialmente a funcionar no Palácio da Regaleira, no Largo de São Domingos, partilhava as suas instalações, no rés-do-chão, com uma leitaria e uma loja de mobílias. Dois anos mais tarde com a divisão de Lisboa em três zonas escolares, o Liceu Camões adota a designação de Liceu Central e passa a ser o principal da zona onde fica situado - primeira zona.Em 1907, o Governo autoriza a aquisição de terreno, construção de um edifício e compra de mobiliário. O local escolhido, largo do Matadouro Municipal, foi alvo de fortes críticas por ser considerado ermo, de difícil acesso e distante para os alunos.O projeto, criado em 1907 pelo Arqt. Ventura Terra, tornou-se numa referência da arquitetura escolar sendo o primeiro liceu moderno de Lisboa, promovido pelo Estado no âmbito de uma política de fomento do ensino secundário e sendo também exemplo da capacidade de resolução de problemas associados a uma obra deste género.Na sua construção recorreu-se aos novos materiais da época: ferro e tijolo. Os valores da funcionalidade expressos no espaço interior do Liceu nortearam a generosidade dos espaços de convívio e da prática de exercício físico bem como a existência de salas próprias para disciplinas científicas, todas elas bem dimensionadas e dispondo de ampla luz natural e ainda a desenvoltura da planta, a qualidade dos equipamentos e a sobriedade da composição das fachadas, constituíram fatores de referência em programas futuros dessa natureza. Neste novo edifício já havia uma cantina, papelaria, livraria e estava englobado um conjunto de infira-estruturas associadas à prática do exercício físico dos quais se destacam os espaços para ginástica e banhos. No início de 1908 - Janeiro - iniciam-se as obras que surpreendentemente terminam vinte e um meses depois.Em 1909, a 16 de Outubro, inaugura-se o novo Liceu que entretanto, em 9 de Setembro de 1908 muda oficialmente a sua designação para Lyceu de Camões. Pelo Liceu Camões passaram grandes vultos da História e da Cultura do nosso país, quer como alunos quer como professores: Mário de Sá-Carneiro, Vergílio Ferreira, Aquilino Ribeiro entre outros.Depois de 25 de Abril de 1974 todos os Liceus mudaram a sua designação para Escolas Secundárias sendo dessa forma que hoje se designa o "velho" Lyceu Camões: Escola Secundária de Camões.

Scope and content

O fundo da Escola Secundária de Camões é constituído por 52 séries documentais pertencentes às secções: Administração e Gestão, Funcionamento Geral, Recursos Humanos, Recursos Financeiros, Ação Social Escolar, Atividade Cientifico-Pedagógica e Pessoal Discente.

Arrangement

A organização das séries documentais inventariadas segue a estrutura adotada pela Portaria de Gestão de Documentos n.º 1310/2005, de 21 de Dezembro.

Access restrictions

Documentação sujeita a autorização para consulta.

Language of the material

Português

Physical characteristics and technical requirements

Bom estado de conservação

Location

Arquivo em fase de instalação definitiva.

Related material

"Relatórios de actividades escolares dos reitores dos liceus"."Relatórios de actividades dos professores".

Publication notes

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CAMÕES - História. Lisboa: ESC, 2010. MOGARRO, Maria João - Arquivos e Educação: a construção da memória educativa. In Sísifo: Revista de Ciências da Educação. Lisboa. N.º 1 (Set./Dez. 2006). p. 71-82.

Holding entities of associated archival units

Portugal. Ministério da Educação. Secretaria-Geral. Direção de Serviços de Documentação e de Arquivo

Notes

A descrição do fundo realizada tem por base o inventário parcial realizado no âmbito do projeto BAME (Bibliotecas, Arquivos e Museus da Educação).