Escola Secundária de Alcácer do Sal

Available actions

Reader available actions

 

Escola Secundária de Alcácer do Sal

Description details

Record not reviewed.

Document not available to perform requests.

Description level

Fonds   Fonds

Reference code

PT/MESG/RAE/ESAS

Production dates

1970-10-10  to  2008-07-18 

Descriptive dates

1960-[s.m.]-[s.d.] / 2009-[s.m.]-[s.d.]

Dimension and support

50,49 m.l.; papel

Holding entity

Secretaria-Geral do Ministério da Educação e da Ciência

Producer

Portugal, Ministério da Educação, Direção Regional da Educação do Alentejo, Escola Secundária de Alcácer do Sal.

Biography or history

A Escola Secundária de Alcácer do Sal, situada na zona nordeste da cidade, é oficialmente reconhecida pelo Ministério da Educação pela portaria de 5 de Outubro de 1975. Até àquela data, um percurso mais ou menos atribulado foi traçado, desde a criação do Externato, por parte de Maria Eugénia Marreiros Núncio, até à sua ocupação pela população em 18 de Abril de 1975, tendo sido nesta data precisa saneado o então diretor, dada a sua linha de conduta ser considerada conivente de um regime opressor. Enquanto Externato Dr. José Gentil, pertencente à Diocese de Évora, foi simultaneamente instituição de ensino até ao antigo 5º ano, e funcionou até 1973, (data em que foi criada parte do edifício na rua em que se encontra atualmente) num prédio particular na Rua da República. Nesta altura, a direção é ainda da competência da Diocese, no entanto, as componentes pedagógica e financeira estão a cargo de elementos da Sociedade Promotora Educacional Alcacerense que, enquanto Comissão Diretiva e Consultiva, participam e colaboram no funcionamento efetivo do Externato. Este, e no que se refere à avaliação dos alunos, não possuía autonomia, a qual era efetuada em Setúbal, tendo os alunos que se deslocar a esta cidade para prestação de provas de exame finais. A partir de 1975 o funcionamento da escola é assegurado pela autarquia até à sua oficialização, a qual, ocorrida em Outubro do mesmo ano, permite a abertura do quadro oficial de professores, auxiliares de educação e pessoal administrativo. Atendendo ao aumento de alunos, consequência da democratização e massificação do ensino, e à reestruturação dos modelos da prática pedagógica a vários níveis, a exigência de outros espaços levou a algumas modificações na estrutura do edifício de então. No início da década de oitenta o antigo pátio coberto feminino é convertido em salas de aula e em 1987/88, num projeto de profissionalização em serviço de um professor, é a vez do antigo pátio dos rapazes ser transformado em sala de convívio e bar.Em 1995 as instalações da escola passaram a integrar os blocos onde funcionara, até então, a Escola Preparatória de Alcácer do Sal (atual Escola Básica 2,3 Pedro Nunes). O espaço adicional veio facilitar a gestão da ocupação das salas no edifício principal da escola. Apesar do recurso a estas instalações ter vindo a diminuir, ainda se mantêm neste espaço algumas salas de aula (nomeadamente a oficina de artes), o Centro de Formação, a Associação de Estudantes e a cantina da escola. O ano letivo de 2000/2001 marcou o início da exclusividade do ensino secundário durante o período diurno. Esta alteração acarretou uma diminuição considerável do número de alunos e professores. Esta tendência tem vindo a ser acentuada, nos últimos anos.Como resultado de projetos ou outras iniciativas, a escola melhorou significativamente espaços importantes como os Laboratórios de Física, Química e Biologia bem como a Biblioteca e Centro de Recursos. As melhorias ao nível de equipamentos informáticos também são assinaláveis, quer pelo equipamento e modernização de duas salas, quer pela implementação de redes (administrativa e de utilização geral).Nos últimos anos letivos, a escola tem dinamizado alguns projetos nas áreas da Saúde, das Artes e da Ciência, entre outros. Estes projetos têm-se revelado de grande interesse não só para a comunidade educativa, mas também para o meio envolvente em geral.

Scope and content

O fundo da Escola Secundária de Alcácer do Sal é constituído por 20 séries documentais pertencentes às secções: Administração e Gestão; Funcionamento Geral; Recursos Humanos; Recursos Financeiros; Ação Social Escolar; Informação e Comunicação; Atividade Científico-Pedagógica; Pessoal Discente.

Arrangement

A organização das séries documentais inventariadas segue a estrutura adotada pela Portaria de Gestão de Documentos n.º 1310/2005, de 21 de Dezembro.

Access restrictions

Documentação sujeita a autorização para consulta.

Language of the material

Português

Physical characteristics and technical requirements

Bom estado de conservação

Location

Arquivo em fase de instalação definitiva.

Related material

"Relatórios de actividades escolares dos reitores dos liceus"."Relatórios de actividades dos professores".

Publication notes

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ALCÁCER DO SAL - Projecto educativo. [Consult. 29 Out. 2009]. Alcácer do Sal : ESAS, [2009?]. MOGARRO, Maria João - Arquivos e Educação: a construção da memória educativa. In Sísifo: Revista de Ciências da Educação. Lisboa. N.º 1 (Set./Dez. 2006). p. 71-82.

Holding entities of associated archival units

Portugal. Ministério da Educação. Secretaria-Geral. Direção de Serviços de Documentação e de Arquivo

Notes

A descrição do fundo realizada tem por base o inventário parcial realizado no âmbito do projeto BAME (Bibliotecas, Arquivos e Museus da Educação).